“Há 20 anos, esquerda só pensa em eleição”, diz Stédile

Ao esquecer Reforma Política, governo enredou-se na máquina do Estado e abriu espaço para retrocesso grave. Saída está em retomar “trabalho de base” e definir novo programa.

Há alguns meses, ou mesmo anos, João Pedro Stédile, uma das principais lideranças do Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST), vem repetindo algumas advertências dirigidas à esquerda brasileira, relacionadas à evolução da conjuntura política nacional e internacional. Um de suas principais advertências consiste em alertar sobre a importância de não resumir a luta política à luta eleitoral e de não sucumbir às armadilhas da política tradicional, como abraçar o financiamento privado de campanhas como um método natural de fazer política. A crise política iniciada após a reeleição de Dilma Rousseff e a ofensiva da oposição e dos setores mais conservadores do país, com o objetivo de derrubar a presidenta eleita pelo voto popular, recolocaram essas advertências na ordem do dia.

(Marco Weissheimer, no Sul21).

Leia a integra neste link: http://outraspalavras.net/outrasmidias/capa-outras-midias/stedile-ha-vinte-anos-a-esquerda-so-pensa-em-eleicao/.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s