Dilma contra Lula, e vice-versa, ou a vida como ela é

Preocupado com o futuro dos contratos da empresa na Venezuela, o executivo Sérgio Lins Andrade encaminhou, em março de 2014, um e-mail ao presidente afastado da empreiteira, Otávio Marques de Azevedo, e a outros colegas.

A mensagem levava anexada uma reprodução de jornal com a notícia: “Dilma quer distância da Venezuela”. Lins Andrade avaliava que a posição da presidente, considerada mais REFRATÁRIA AOS LOBBIES praticados pelo antecessor, poderia colocar em risco os negócios da empresa.

Em resposta, o executivo Flávio Gomes Machado Filho afirma que a Andrade deve, de fato, TOMAR CUIDADO COM AS ATITUDES de Dilma em relação ao país vizinho.

Ele diz ainda que o presidente venezuelano Nicolás Maduro ESTARIA INCOMODADO com a petista. E sugere: PEDIR A AJUDA a Lula, a quem Maduro considera um “amigo”, escreveu o executivo. “NOSSO PONTO FOCAL de apoio tem que ser o ex-presidente Lula”, afirma.

Machado Filho decide, então, agendar um encontro com Lula para traçar a estratégia da Andrade Gutierrez na Venezuela e selar o apoio do ex-presidente no país. Dias antes da troca de e-mails entre os executivos da Andrade, o ex-presidente Lula esteve em Caracas.

Em fevereiro daquele ano, foi além: GRAVOU UM VÍDEO EM APOIO à candidatura de Nicolás Maduro à Presidência da Venezuela, exibido em cadeia nacional no país. (r.a.Vj.)

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s