O capitalismo avança, a pobreza cai, a Índia vai e quem bobear fica

Crédito da foto: www.caracteres.mx
Crédito da foto: http://www.caracteres.mx

O Banco Mundial projeta que 702 milhões de pessoas, ou 9,6% da população global esteja vivendo na pobreza extrema neste 2015.

Trata-se de um recuo extraordinário em relação às 2012, quando se registrava 902 milhões de pessoas ou 12,8% da população mundial nessa condição.

Não custa lembrar que a população mundial é superior a 7 bilhões.

Trata-se, portanto, de um número extraordinário.

Os maiores avanços foram conseguidos em África e na Ásia

Índia, China e Vietnam puxam o carro do fim da pobreza.

Por aqui, pela América Latina, houve um crescimento da classe média, especialmente em países como o México, Colômbia, Peru e Chile.

Somos, porém, ainda dependentes da venda de commodities (produtos sem agregação de valor), o que é um perigo neste novo mundo que está de avizinhando.

Novo mundo

Hoje, Estados Unidos e mais 11 países fecharam um acordo comercial espetacular, que compreende 46% do comércio internacional (exportação/importação), e o Brasil ficou fora dessa.

Se alguém não percebeu ainda, há 40 anos o centro financeiro do mundo mudou-se para a Ásia. Com esse acordo, o Pacífico desbanca de vez o Atlântico nas rotas comerciais.

Pior pra nós que estamos pessimamente colocados no mapa.

E ainda adotamos um modelito de relação comercial com o mundo do tempo da guerra fria.

A Europa também se ferra.

Índia

A Índia é hoje a 10ª economia do mundo. Em subida extraordinária, junto com a Vietnam (modelo este que Cuba quer copiar para se inserir – tardiamente – no capitalismo global).

A Índia tem, entre quem já se formou e quem ainda está por se formar ou se especializar, milhões de estudantes/formandos no exterior.

É o país do mundo que mais recebe investimentos internacionais (o segundo é exatamente o Vietnam) e cresce vertiginosamente.

Especula-se que de 2020 a 2025 a Índia seja a quarta economia do mundo, desbancando muito provavelmente a Alemanha.

A Índia tem um papel importante na redução da pobreza no mundo.

Foi o País onde mais se erradicou a pobreza.

Por aqui, no Brasil, as esquerdas costumam dizer que foi o Brasil.

Isso é parecido com dizer que o Pelé é o maior jogador de futebol de todos os tempos.

Só nós acreditamos nisso.

Leia também:

A evolução da riqueza global nos últimos 200 anos

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s