Do tsunami de Suplicy à foto histórica de Lula – aulas de bom jornalismo

Ube PT 02
Jorge Araújo/Folha de São Paulo

Eduardo Suplicy é um cara extraordinário. Secretário de Haddad sem receber. Não precisa, mas gente que também não precisa não abre mão dos caraminguás públicos.

E ele abre. Não é pouca coisa.

Também não são poucas coisas as suas teses que nos levam ao bolsa família. É um cara bem informado (provavelmente o único ou um dos únicos do Partido dos Trabalhadores com esse pedigree). Ele sabe muito bem que isso não começou com ele (nunca se pavoneou por isso, aliás) e muito menos com o PT no governo.

Esse tipo de “apoio” financeiro às camadas sociais vulneráveis remonta aos EUA dos anos 50, e se formos pesquisar mais (não dá para fazer isso dando um gloogle) vamos encontrar essas raízes fincadas em outras plagas e em outros tempos.

Ou seja, isso que o PT pavoneia de originalidade tem nadica de nada de original.

É cópia. Suplicy sabe disso.

A prisão

Recentemente Suplicy foi hostilizado numa livraria da avenida Paulista, em São Paulo, por gente que, aos gritos, o chamou de “vergonha do Brasil”.

Essa gente deveria estar presa, não pela agressão, mas por burrice e intolerância (dois crimes que deveriam ser inafiançáveis).

O tsunami

Esta semana, Suplicy disse que um tsunami varreu o PT.

É uma recorrência que em parte combina com a pouca criatividade de Eduardo Suplicy, que se tentou ser um boxeador amador e um corredor temporão (um fracasso em ambos) e um interprete sofrível de Bob Dylan aparece agora de pitonisa, prevendo uma vitória de Fernando Haddad ano que vem.

Nada disso embaça o seu currículo, mas ele poderia nos poupar de suas recorrências, como esta do tsunami, e de suas previsões.

A foto

A foto do rosto desenxabido de Luiz Inácio Lula, na Folha de São Paulo, causou um bocado de alvoroço, ao ponto de Mário Magalhães ter ressaltado “O impacto do noticiário desses dias no rosto de Lula”. (link: http://blogdomariomagalhaes.blogosfera.uol.com.br/2015/11/27/uma-foto-para-a-historia/).

Como não poderia deixar de ser, blogueiros (in)dependentes correram em socorro do chefia geral, afirmando que foi mais uma malandragem da FSP e que a foto registrava apenas um momento do chefão, e não uma realidade.

Incorreto!

A foto expressa um fragmento da história do Partido dos Trabalhadores e de seu fundador, Luiz Inácio Lula da Silva.

Ou seja, trata-se de uma expressão pronta e acabada de uma jornada importante, mas que aponta para o fim de um partido político (talvez o mais importante da história brasileira) e para a corrosão irrefreável de um líder político.

Há que se concordar, portanto, com Magalhães que se trata de uma “foto histórica”, um marco de um momento do país.

Lembrando-se, como fez Magalhães, que a foto é de Jorge Araújo, amigo de Lula há anos e tido pelo líder político como o melhor fotógrafo do país.

O nunca

Na esteira de Magalhães, Clóvis Rossi, também na FSP , pega um mote do próprio PT para navegar num saboroso e correto texto: “Nunca antes neste país” (http://www1.folha.uol.com.br/colunas/clovisrossi/2015/11/1711647-nunca-antes-neste-pais.shtml)

E tem razão: nunca tanto figurão foi preso na história da República (tirando-se, óbvio, os tempos duros do regime militar) e muito menos foi preso um líder do governo, tratado agora como um inimigo tucano infiltrado no partido, esquecendo-se os detratores que Delcidio está há 15 anos no PT, e se realmente foi tucano, o foi por 4 anos, ou seja, menos de 1/3 do tempo em que está no partido trabalhista.

Tudo isso é a prova muito bem acabada do desespero que se abateu sobre o partido e seus, hoje, parcos e ralos militantes.

A situação é trágica (olhando-se da sede do PT para fora) e gente menos fanática e obnubilada sabe muito bem disso.

O que Suplicy fez foi dar uma entrevista correta e objetiva.

O que fizeram Magalhães e Rossi foi jornalismo de primeira.

O resto é chororô de desesperados.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s