Qual o impacto das Miriams na história política do Brasil (?)

As miriams
Crédito: Em montagem do site 247 (alterada)

NENHUM! ABSOLUTAMENTE NENHUM!

Nem da Cordeiro (a do Lula), nem da Dutra (a do Fernando Henrique).

O que as une e as separa é a maledicência de um país embrutecido pela ignorância.

Um país afeito ao diz-que-diz, às fofocas rasteiras.

Um país de muro baixo, onde pessoas que não se contentam com que o vizinho viva e respire espionam a sua vida para diminui-lo e destruí-lo.

Um país de bobões (e de bobonas) idiotas que nunca vai se civilizar.

A Cordeiro foi duplamente vitimada, por Collor e por Lula (uns machistas e cafajestes ridículos), mas sua performance não tirou e nem colocou um voto sequer nas urnas dos candidatos.

Assim como a edição malandra do debate entre ambos feita pela Rede Globo (e fez mesmo) não tirou e nem colocou um voto sequer nas urnas dos candidatos.

As duas teses para a derrota de Lula são cipós da ignorância nos quais se penduraram quem não teve (e não tem) competência para analisar o que andava acontecendo com o humor do povo brasileiro naquele momento.

A Dutra, mais esperta e melhor letrada que a primeira, está sendo usada para destruir o pouco que resta do prestígio político de um velhote que não é candidato a mais nada, a não ser a de pitaqueiro principal do carcomido neoliberalismo nesta Grande Terra de Tupã.

Aécio, Serra e Alckmin agradecem, penhorados, o excesso de burrice dos “compas” petistas.

De machistas e feministas

Ambas as moças, a Cordeiro e a Dutra, são vítimas do descomunal machismo nacional que impera à direita e à esquerda, entre pobres, ricos e remediados, entre homens e mulheres.

São vadias, vagabundas, desqualificadas, putas, rampeiras, oportunistas e vai por aí.

Isso nem mais é assombroso, posto ser corriqueiro.

Assombro sim é (estou propositalmente generalizando) que o(s) movimento(s) feminista(s) embarque(m) nessa canoa de intolerância, num movimento agônico, mal copiado das tendências feministas europeias e norte-americanas.

Mas há uma explicação simples para essa digressão: afinal estamos no Brasil, e por aqui tudo é possível.

Anúncios

Um comentário sobre “Qual o impacto das Miriams na história política do Brasil (?)

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s