Temer virou alvo ou apenas externamos nossos medos e ansiedades?

temerario
Será que há razões para o temerário ficar temeroso? – foto: TV Foco

Há quem aposte, com a pressa e a imprecisão de sempre, que o vice agora efetivado, Michel Temer, está se borrando de medo pelo que vem pela frente com a prisão de Eduardo Cunha, ontem, a mando de Sérgio Moro.

Não gastaria minhas fichas nesse cassino da sorte, que está mais para vontades obscuras e raivas incontidas do que para a lógica do jogo.

Vá lá que os dois bicudos realmente não se biquem, mas…

O temerário sempre manteve uma distância bastante segura das presepadas cunhistas.

E o que é que se tem até agora contra o efetivado?

Que o caixa de sua campanha teve dinheiro desviado da corrupção e outros tantos de origens obscuras (sic).

Sei… mas a campanha era de quem mesmo?

Isso não implica que Temer não possa dançar por conta da sua associação promíscua com Dilma.

Mas isso são outros panos para outras mangas.

E bote pano, e bote manga nessa história.

Das transas

A transa de Cunha não parece mesmo ser a delação premiada (pela qual muitos anseiam, temerosos e ávidos), mas sim o livro que promete para o próximo dezembro.

Assim como Temer não trocou escovas de dente com Cunha; Cunha não parece querer dar mais munição à Lava Jato.

Pelo jeito prefere que algumas cabeças venham à guilhotina e outras que sejam guardadas a sete chaves em cofres fortes.

O futuro vem logo aí.

E não é muito inteligente minar caminhos que depois você possa trilhar.

Outras leituras

A banda que toca heavy metal em tupi-guarani (BBC Brasil)

Antes da prisão, Cunha se dedicava a livro sobre impeachment (O Estado de São Paulo)

Atores globais são escalados para filme sobre a Lava Jato (O Estado de São Paulo)

Juízes dizem à ONU: “Estado Brasileiro persegue lideranças indígenas” (Instituto Humanitas Unisinos/Adital)

O Brasil está caindo para a série C do campeonato mundial e estamos adstritos a fórmulas ultrapassadas (Instituto Humanitas Unisinos/Adital)

O extrativismo como projeto de sociedade – (Outras Palavras)

Sucessão no PT acirra divergências entre correntes (Instituto Humanitas Unisinos/Adital)

Anúncios

Um comentário sobre “Temer virou alvo ou apenas externamos nossos medos e ansiedades?

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s