As escolas brasileiras são ruins ou foi você quem fez a opção errada?

formacao
Reprodução / BBC Brasil

A discussão é velha e anterior à, por exemplo, minha formação nos anos 70: o estudante brasileiro busca “cursos da moda” e/ou “mais fáceis” e depois de formado encara a dura realidade de falta de vagas no mercado de trabalho.

Há mais “formados” em determinadas profissões do que espaço para o trabalho.

Consequência?

Desemprego!

Não deve ser este um problema apenas brasileiro, mas por aqui ele é grande e antigo.

As escolas brasileiras, especialmente as de formação técnica e de terceiro grau, não são aquela maravilha, e “criar” novas escolas, como, por exemplo, se viu no governo de Lula (“quase” duas dezenas de “universidades” [sic]), não resolve o problema, pelo contrário, o agudiza.

Matéria de Ingrid Fagundez (BBC Brasil) – Diploma inútil? Por que tantos brasileiros não conseguem trabalho em suas áreas – coloca o dedo na ferida.

Enquanto você lê esta reportagem, milhares de jovens pelo Brasil se preparam para o Enem (Exame Nacional do Ensino Médio), prova que pode garantir a entrada deles na universidade. Os estudantes apostam na graduação no ensino superior para começar uma carreira. No entanto, muitos dos que pegam o diploma hoje não conseguem exercer sua profissão.

A culpa não é só da crise econômica, que levou o desemprego a 11,8% no terceiro trimestre deste ano, segundo o IBGE, mas do perfil dos recém-formados. Eles se concentram em poucos cursos e, quando buscam uma vaga, percebem que não há tanto espaço para as mesmas funções.

Essa análise foi feita pelo professor de economia da USP Hélio Zylberstajn, a partir de um cruzamento de dados do Censo do Ensino Superior e da Rais (Relação Anual de Informações Sociais), do Ministério do Trabalho.

Veja matéria completa clicando no link acima.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s