Governos do PT criaram superestrutura para controlar movimentos sociais

traicaoSe ainda havia alguma dúvida da dissintonia do discurso populista dos governos petistas e os movimentos sociais brasileiros não há mais.

Lucas Figueiredo, de The Intercept Brasil, revela como no governo de Luiz Inácio Lula da Silva foi criado o GEO-PR, um megabanco de dados para, supostamente, proteger territórios indígenas, terras de pequenos agricultores e o meio ambiente.

Se a ideia inicial do lulo-petismo guardava uma aura de santidade, aos poucos “o Gabinete de Segurança Institucional (GSI) e a Agência Brasileira de Inteligência (Abin) transformaram esse superbanco de dados em uma poderosa ferramenta de vigilância de movimentos sociais, a maior conhecida até o momento. Alimentado coletivamente por ministérios e autarquias, o sistema teve, com o passar dos anos, o seu uso expandido. Um documento oficial do GEO-PR obtido por The Intercept Brasil mostra que ele foi usado para monitorar comunidades indígenas e quilombolas, assentamentos rurais, além de ONGs, mobilizações, greves e manifestações que ocorreram no país.

Questionada, quando ainda era presidente, Dilma Rousseff disse não conhecer o monitoramento dos movimentos sociais.

A velha desculpa do lulo-petismo quando pego com a boca na botija: “não vi, não sei, não conheço”.

Conheça a íntegra do texto de The Intercept Brasil clicando AQUI.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s