Sérgio Moro atravessou o samba no caso do blogueiro petista

Moro
Credito da foto: ILISP

Sérgio Moro “extrapolou de suas funções” (como algumas pessoas gostam de dizer) no caso do blogueiro Eduardo Guimarães, porta-voz extraoficial de Luiz Inácio Lula da Silva.

Talvez Lula não confie nem nos blogueiros tradicionais e alinhados ao petismo (jornalistas) e nem na(s) sua(s) assessoria(s) de imprensa, preferindo espalhar “o noticioso” via um blogueiro pouco conhecido e desimportante.

Se era – como de fato era e é desimportante – Sérgio Moro fez todos os esforços do mundo para torná-lo conhecido e reconhecido.

Em tempo: há uma velha queda de braços entre José Dirceu e Luiz Inácio Lula da Silva, o que ficou mais claro durante o Mensalão de PT, e já foi reportada por este blogue na ocasião, inúmeras vezes.

Portanto, não é se estranhar (isso é uma especulação, mas o paragrafo anterior é fato) que Lula prefira o desconhecido Eduardo Guimarães ao invés dos tradicionais blogueiros ligados umbilicalmente a José Dirceu.

Moro

Sérgio Moro deu de bandeja ao petismo o argumento segundo o qual o partido está sendo, injustamente, perseguido, perseguição esta que não poupa nem a liberdade de expressão.

Recusa-se aqui referir-se a “liberdade de imprensa”, pois não é caso. Eduardo Guimarães não faz parte da imprensa, não é imprensa, portanto, mas apenas um especulador que às vezes acerta na informação (ele tem fonte boa: o petismo), mas muitas vezes (na maioria das vezes) erra redondamente.

Censura

Estamos, portanto, trilhando caminhos perigosos.

Nenhum dos argumentos de Sergio Moro (vazamento ou ofensas anteriores) é justificativa para a censura, se à censura cabe algum tipo de argumento.

E trata-se de censura, via coação.

Até o insuspeito Reinaldo Azevedo (entre outra atividades, na revista Veja) esbravejou contra a arbitrariedade.

Portanto, o caso já pode ser considerado grave desde já e dos mais sórdidos.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s