O medo da terceirização é apenas medo de perda ou também é um bocado de desinformação?

Terceiriza
Credito da ilustração: Celulose Online

A maioria das pessoas não sabe o que é terceirização, mas a maioria delas é contra.

Neste, como em outros casos, poucos se dão ao luxo de buscar saber, pelo menos, de que se trata.

O projeto de Lei 4.302/1998 está no Congresso Nacional desde a última década do século passado (atenção para a data: 1998) e recebeu apoio quase incondicional da ex-presidente Dilma Rousseff para sua aprovação.

Dilma apenas defendia a terceirização para atividades meio e não para atividades-fim.

Diferente daquilo que decidiu, portanto, a Câmara (o texto ainda vai ao Senado).

Apesar de os sindicatos estarem a esbravejar – eles têm interesses corporativos na matéria –, a terceirização das atividades-fim afeta pouco ou quase nada os trabalhadores, mas sim deixa expostas às manipulações empresas sensíveis da economia brasileira, seja na área pública, seja na área privada.

É disso que Dilma Rousseff estava falando, e, portanto, temendo.

Não se percam de vista, no entanto, que as “boas intenções” desse Congresso Nacional e do governo Temer se esgotam por aí.

Não podemos deixar de duvidar que seja exatamente o contrário: que se busque uma exploração ainda maior da classe trabalhadora.

O que, no entanto, e mesmo assim, não está fora de contexto na evolução natural da relação capital-trabalho, permitindo, apesar de tudo, até que trabalhador (individual ou coletivamente) abra de seu próprio negócio, ou mesmo que atue de maneira autônoma no mercado de trabalho, como, por exemplo, é o meu caso.

É conveniente entender que se pode repactuar os acordos trabalhistas (até com vantagens para o trabalhador), o que implica, entre outras coisas, em pensar menos em FGTS, no 13ª salário e em estabilidade de emprego – neste caso, especialmente do funcionalismo público.

Leia também:

Câmara aprova projeto que libera terceirização de atividades nas empresas – Agencia Brasil

Momento é desfavorável a desinvestimentos na Petrobras, diz líder petroleiro – Agência Brasil

Ações para revitalizar sub-bacias do São Francisco em MG receberão R$ 13 milhões – Agencia Brasil

Anúncios

Um comentário sobre “O medo da terceirização é apenas medo de perda ou também é um bocado de desinformação?

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s