Por que manter vivo um cara que não pode e não quer mais viver

eutanasiaHoje pela manhã fiquei sabendo de (mais) uma história de um sujeito com “falência múltipla dos órgãos” que está metido numa UTI.

A pessoa que me contou a história disse ter um parente na mesma situação, mas que foi “dispensado” (há meses) da UTI para desocupar espaço (hoje vegeta na própria casa), pois existem dezenas ou centenas de outros pacientes para ocupar a sua vaga e com chances de voltar a viver normalmente em futuro próximo.

Nada mais lógico.

Se você já passou de mais da metade do caminho de ir embora então que vá logo.

Morte cerebral e falência múltipla são caminhos sem retorno.

No mundo inteiro (o inteiro fica por minha conta) discute-se a adoção da eutanásia como forma de abreviar a vida daqueles que já não conseguem mais viver com dignidade.

No Brasil a eutanásia (ainda) é crime passível de até 5 anos de detenção.

Vivemos (como sempre) na contramão da história. A eutanásia é aceita e/ou legalizada, por exemplo, no Uruguai, na Colômbia, na Bélgica, na Holanda, na Suíça, na França, na Alemanha, na Áustria, em Luxemburgo e em cinco Estados norte-americanos: Oregon, Washington, Vermont, Montana e Texas.

A Holanda e o Canadá estão avançando mais e discutindo autorizar o suicídio assistido.

O país que teima em proibir e em criminalizar a eutanásia conta com uma maioria de pessoas que defende a pena de morte e pouco se importa com a ação de justiceiros e com os crimes de assassinato praticados pelas forças de repressão do Estado, especialmente os da Polícia Militar.

Esse país, óbvio, é o Brasil, que também proíbe o aborto (com penas previstas de até 3 anos de detenção), mesmo em casos de estupro ou quando a gestação pode provocar a morte da mãe e do próprio bebê.

É difícil entender o que se passa por aqui, por este país “bonito por natureza”.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s